Por dentro da carreira em Ciências Sociais

Compreender as várias sociedades contemporâneas e suas complexidades, em um estudo que aborde as transformações dos grupos sociais e, por conseqüência, suas implicações diretas sobre o indivíduo é função do cientista social. As Ciências Sociais surgiram como campo de conhecimento no século 19, período de grandes mudanças nas estruturas das sociedades europeias causadas pela Revolução Industrial. Na tentativa de compreensão da realidade social de então, teve-se a necessidade de uma análise dos fatores de forma que interligavam os grupos sociais e suas novas ideologias político-econômicas surgidas no período como o socialismo e anarquismo.

O que faz o formado em Ciências Sociais?

O aluno formado em Ciências Sociais analisa a sociedade e sua conjuntura, partindo do estudo de grupos distintos em direção às interligações com outros grupos na dinâmica social. O cientista social colhe dados destes grupos, na tentativa de compreender como se estruturam as sociedades e seus indivíduos, suas aspirações, crenças, referenciais culturais, atividades econômicas, sendo estas fontes para um estudo apurado das estruturas sociais.

Para isso, o cientista social se utiliza de estratégias interdisciplinares valendo-se de ramos do conhecimento como Economia, Geografia, Estatística, História, Ciência Política, Filosofia e Antropologia para seu estudo das sociedades. Munido destes recursos disciplinares, o sociólogo tem o referencial teórico, analisando determinado grupo para a compreensão das dinâmicas sociais causadas pelo fato social. O fato social é o objetivo primordial de análise do cientista social, pois o conhecendo no estudo das sociedades, saberá dos vetores que atuam na mobilidade social destes grupos.

Perfil do profissional de Ciências Sociais

Quem almeja tornar-se profissional de Ciências Sociais deve sempre pesquisar de modo intensivo, ler textos das áreas correlatas à Sociologia e também de outras áreas para ampliação de perspectivas, pois a dinâmica das sociedades contemporâneas são mutáveis de modo contínuo, influenciando os fatores culturais, econômicos, geográficos, ambientais. O que ocorre para que determinada sociedade seja diferenciada de outra no quesito econômico? Ou o que faz determinada sociedade ser tolerante com a pluralidade cultural e religiosa, quando outra sociedade dentro do mesmo grupo civilizacional não é permeável às variantes culturais externas, inclusive criando conflitos étnicos? Estas são questões trabalhadas no campo da investigação das Ciências Sociais, partindo-se de análises do grupo para se chegar ao componente primordial das sociedades, o indivíduo. Não é uma análise subjetiva, mas tem como referencial o indivíduo que é reflexo da dinâmica social de um grupo.

A faculdade de Ciências Sociais

A média de duração do curso é de quatro anos e o aluno que opta pelo curso de Ciências Sociais terá no currículo disciplinas que lhe darão suporte para um desempenho profissional qualificado. O curso tem a duração média de quatro anos, sendo composto por matérias como Economia, Psicologia, História, Geografia, Sociologia entre outras.

A graduação em Ciências Sociais atende a uma demanda de uma sociedade como a brasileira, que tem sofrido transformações significativas nas últimas décadas, fruto da urbanização e do desenvolvimento econômico que ainda não tiveram seus impactos completamente estudados por meio da Sociologia. A complexidade social é o fomentador do trabalho do cientista social e quanto mais desenvolvida uma sociedade, mas notório se faz sua atuação.

Bacharelado ou Licenciatura?

Existe a opção pela escolha entre a licenciatura ou o bacharelado no curso de Ciências Sociais. Para aqueles que desejam tornar-se professores e atuar no magistério do Ensino Médio de escolas públicas ou privadas, a licenciatura é a melhor opção, pois é composta das disciplinas inerentes à formação crítica do professor de Sociologia, além das matérias referentes à parte pedagógica e didática da formação. Neste caso, o aluno fará o estágio obrigatório supervisionado em escolas, acompanhando toda a estrutura e funcionamento de uma unidade de ensino.

Se o aluno desejar uma formação voltada para a pesquisa, seja em institutos independentes ou em instituições de ensino superior, poderá optar pelo bacharelado. Escolhendo esta graduação, o enfoque será dado a disciplinas de metodologia de pesquisa de campo que são imprescindíveis para o desempenho profissional adequado. O bacharel pode, assim como o licenciado, prestar concurso público para trabalhar em órgãos governamentais, atuar em ONGs e empresas privadas. Vale destacar que as duas graduações são aceitas em nível de pós-graduação, caso o aluno queira prosseguir os estudos ao término da graduação.

Profissão Ciências Sociais

Números de mercado de trabalho

Um grande impulsionador para as Ciências Sociais no Brasil foi o estabelecimento da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB9394/96), que determina que o ensino da Sociologia deva ser obrigatório nas séries dos cursos do Ensino Médio. Deste modo,...

Leia Mais