Por dentro da carreira em Engenharia Química

É amplo o campo de atuação de um Engenheiro Químico, tendo a possibilidade de trabalhar em qualquer empresa que lide com processos industriais e com transformação físico-química. Isto é, através de técnicas transformará uma matéria-prima para criar produtos químicos, que são produtos de limpeza de casa, corantes, tintas, maquiagem, explosivos, elementos petroquímicos ou de tratamento de água, dentre outros.

O que faz o engenheiro químico?

O engenheiro químico aplica os princípios da química, biologia, física e matemática para resolver problemas que envolvem a produção ou uso de elementos qúimicos, combustíveis, medicamentos, alimentos e outros produtos. Eles desenham processos e equipamentos para produção em larga escala de forma segura e sustentável, planejam e testam métodos de produção, tratam resíduos e supervisionam produções.

O trabalho pode ocorrer tanto em escritórios como em laboratórios, fábricas, refinarias ou outros locais onde o engenheiro monitora a operação ou resolve problemas.

Alguns engenheiros químicos se especializam em um processo específico, como oxidação ou polimerização. Outros se especializam em um material específico, como nanomateriais ou tecidos biológicos. O engenheiro químico também pode trabalhar em produção de eletricidade, produtos eletrônicos, alimentos, roupas e papel, ou na área de pesquisa de novos materiais ou soluções para um determinado problema que aliam química e tecnologia.

Perfil do engenheiro químico

Além de gostar de Química, o profissional deve ser dedicado, cauteloso, detalhista e ter capacidade de concentração. Para avançar na carreira em Engenharia Química, a experiência é fundamental, portanto o engenheiro químico deve ter a paciência para reconhecer que o esforço presente será recompensado com frutos no futuro.

Para se destacar na carreira em engenharia química é preciso entender todos os aspectos químicos da produção e composição de um material ou produto, e como mudanças nestes aspectos afetam a segurança de trabalhadores e consumidores, além do meio ambiente e da qualidade do produto.

A faculdade de engenharia química

Com duração média de cinco anos, nos primeiros semestres os alunos têm aulas química, física e matemática. Após esta etapa as disciplinas envolvem ciências biológicas, processos químicos, análise de compostos e projetos, dentre outras especificações necessárias para atuação dentro da indústria química. O aluno deve se preparar para passar muito tempo em laboratório e também se dedicar em softwares específicos. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e o estágio são obrigatórios.

Química ou engenharia química?

Uma das maiores dúvidas entre os jovens que querem seguir nesta área é a diferença entre um bacharel em Química e o Engenheiro Químico. Apesar de terem a mesma base, o campo de atuação de cada profissional é bem diferente. Normalmente, o químico trabalha com análises e pesquisas para obtenção de novos produtos químicos. Já o engenheiro químico faz seu trabalho a nível industrial, com competências para acompanhar cada etapa da fabricação de um produto químico.

Profissão Engenharia Química

Números de mercado de trabalho

O engenheiro químico é um profissional bem valorizado, podendo atuar como estagiário com bolsas de estudos e até mesmo podendo fazer intercâmbios em outras faculdades fora do país. Engenheiros sempre atualizados têm mais destaque no mercado e consequentemente ganham mais....

Leia Mais