Profissão Comunicação Social - Números do mercado de trabalho

Salários

Como em quase todas as profissões, as remunerações dependem do nível de formação e tempo de experiência do profissional e da localização e tamanho da empresa. De forma geral, grandes centros urbanos concentram salários mais altos, e quanto maior a organização, maiores os salários.

Um profissional de Comunicação Social em início de carreira costuma receber salários de R$1.000,00 a R$2.000,00, exercendo atividades mais operacionais e de suporte. Com algum tempo de experiência, o profissional pode ser promovido a cargos de nível pleno, sênior e até gerência, com remunerações de R$4.000,00 a R$8.000,00. A exceção é a carreira em Editoração, que mesmo em tais níveis recebe salários menores: de R$2.500,00 a R$3.500,00. Mesmo no auge da carreira, como supervisor ou diretor, o salário do produtor editorial gira em torno de R$4.000,00 a R$6.000,00. As outras profissões, no entanto, costumam ser muito bem remuneradas em cargos que exigem muita experiência e formações adicionais, podendo atingir ou até mesmo ultrapassar a faixa de R$15.000,00 a R$20.000,00 por mês, quando o profissional tem grandes responsabilidades e deve entregar ótimos resultados à empresa.

O mercado de trabalho

A concentração de vagas está no Sudeste, especialmente em São Paulo e Rio de Janeiro, mas existem boas oportunidades para os profissionais de Comunicação Social por todo o país. Uma característica marcante desse mercado é que nos últimos anos ele tem passado por transformações significativas, com a expansão dos meios de comunicação digitais e o desenvolvimento de novas tecnologias e ferramentas. Locais de trabalho tradicionais desse profissional têm diminuído as atividades ou até mesmo fechado, por exemplo: editoras de materiais impressos como jornais, livros e revistas. Ainda existem oportunidades nesses locais, mas não da mesma forma que em anos anteriores. Portanto, o profissional de Comunicação Social deve ser altamente empreendedor, para inventar o próprio caminho e encontrar as novas oportunidades neste mundo em constante transformação. Especialistas apontam as áreas de mídias digitais, e-books, websites, blogs, redes sociais, telefonia móvel e educação à distância como áreas promissoras, com perspectivas de se se desenvolver ainda mais.

O grande número de profissionais formados na área aumenta a competitividade no mercado, bem como o fato de profissionais de Comunicação Social competirem por vagas com profissionais de outras formações. Por isso, para ingressar no mercado de trabalho, é indicado realizar estágios durante a graduação, que proporcionam alguma experiência profissional, e uma vez inserido no mercado, o profissional nunca deve parar de se atualizar e investir na sua formação.

Por dentro da carreira em Comunicação Social

Como em quase todas as profissões, as remunerações dependem do nível de formação e tempo de experiência do profissional e da localização e tamanho da empresa. De forma geral, grandes centros urbanos concentram salários mais altos, e quanto maior a...

Leia Mais