Profissão Design Gráfico - Números do mercado de trabalho

Um designer gráfico pode atuar dentro de uma empresa ou como freelancer. O salário pode variar bastante e o mercado de trabalho costuma ser concorrido, mas a procura é tão grande, que o risco de desemprego é baixo.

Salários

A média salarial para quem está no início da carreira é de aproximadamente R$2 mil mensais. No nível sênior pode atingir ou superar R$ 7 mil mensais.

Um censo feito no ano de 2012 pela ADG Brasil (Associação dos Designer Gráficos), mostrou que entre os entrevistados houve pouca diferença salarial de acordo com suas regiões. A pesquisa foi respondida por 2.614 profissionais e mostrou que na região Sudeste 26% dos entrevistados estavam ganhando entre R$2.500 mil a R$5 mil reais mensais e no Centro-Oeste 24% ganhavam estes mesmos valores.

No Sul 30% estavam ganhando até R$ 1.500 e 27% entre R$2.500 mil a R$5 mil reais mensais contra os 20% no Nordeste para a mesma faixa salarial.

Além disso, 35% responderam que têm uma percepção boa sobre o setor de Design Gráfico em suas regiões de atuação, contra 3% que consideram ruim. O censo completo pode ser encontrado na página da Associação.

O mercado de trabalho

O profissional poderá trabalhar com ilustração, arte final, diagramação ou direção. As agências de propaganda costumam ter profissionais experientes e que estão sempre se atualizando. As grandes agências, com maior número de contratação, estão nas capitais, mas o interior também apresenta boas oportunidades.

Com o surgimento constante de novas mídias (especialmente online) o número de vagas pode aumentar para toda a parte de criação e artes gráficas. Destaca-se quem tiver sólidos conhecimentos técnicos e experiência.

Vale investir no digital, com o universo online cada dia mais em expansão, serão necessários mais designers para cobrir toda a oferta de criação de páginas, além de criação para dispositivos móveis. Ganhará espaço aquele que tiver habilidades específicas para esse nicho e muita criatividade.

Outro meio de ter renda é atuar como freelancer. Muitos fazem este tipo de trabalho nas horas vagas para completarem a renda, o que é uma boa alternativa para quem está disposto a ter dupla jornada de trabalho. Algumas épocas, como eleitorais ou com eventos de grande e médio porte, cresce a demanda por trabalhos de comunicação visual.

Por dentro da carreira em Design Gráfico

Um designer gráfico pode atuar dentro de uma empresa ou como freelancer. O salário pode variar bastante e o mercado de trabalho costuma ser concorrido, mas a procura é tão grande, que o risco de desemprego é baixo.

A média...

Leia Mais