Profissão Geografia - Números do mercado de trabalho

O pensamento ecológico, juntamente com a crescente necessidade do planejamento urbano por parte de governantes e com participação de conselhos representativos, criou uma demanda de um profissional qualificado que atue nas áreas da Geografia com vistas à sustentabilidade aliada à qualidade de vida.

O profissional da Geografia tem como objetivo primordial atender a esta demanda, direcionando ações em prol da análise, criação e reestruturação do espaço ocupado pelo homem e sugerindo medidas para o uso racional do solo, das águas e dos recursos naturais em conjunto com uma visão holística de vida no planeta.

No magistério, a formação de cidadãos capazes de perceber o espaço, seus recursos, estruturas e suas transformações é premissa de professores interessados no desenvolvimento da visão crítica e transformadora dos alunos, que necessitam compreender de modo interdisciplinar sobre a dinâmica geográfica urbana e de áreas pouco influenciadas pela ação humana.

Salários

Quem deseja trabalhar no magistério da educação básica estará amparado pela lei do salário mínimo nacional (Lei11738) que é aplicada a uma carga horária de 40 horas semanais. O professor conta com a oportunidade de atuar nas redes municipal e estadual de ensino, com sua experiência, desempenho e avaliações de alunos como fator de ascensão salarial. O piso básico atual para o magistério é de R$ 1917,18. A opção por salário em hora-aula é para a rede privada de ensino, com salários na média de R$ 15,00/hora-aula.

Os geógrafos contam, para os que atuam em áreas correlatas às engenharias e arquitetura, com a possibilidade de registro em conselhos regionais (CREA) o que assegurará políticas salariais específicas. Nestas condições, as classificações salariais atendem à proporção de horas trabalhadas, tanto no setor privado quanto nas instituições públicas.

O mercado de trabalho

O ensino da Geografia na educação básica está assegurado pela Lei das Diretrizes Básicas (LDB9394/96) de alcance nacional, que afirma a obrigatoriedade desta disciplina em todo o país. Durante o ensino fundamental e no ensino médio, o professor de Geografia será o agente difusor do pensamento crítico do uso dos recursos naturais e da ocupação sistêmica dos espaços ocupados pelo homem.

Há ainda campo de trabalho em empresas privadas ou públicas em campos relacionados à extração mineral e vegetal, de produção em escala de renovação sustentável, de geoprocessamento de dados, de consultoria ambiental e agrária e em empresas de planejamento de sistemas de transportes urbanos.

O setor editorial tem uma demanda significativa para profissionais que desejam atuar com Cartografia na elaboração de mapas, utilizando-se de ferramentas atuais como os softwares de geoprocessamento que dão precisão às leituras do espaço geográfico a ser analisado.

Por dentro da carreira em Geografia

O pensamento ecológico, juntamente com a crescente necessidade do planejamento urbano por parte de governantes e com participação de conselhos representativos, criou uma demanda de um profissional qualificado que atue nas áreas da Geografia com vistas à sustentabilidade aliada à...

Leia Mais