Profissão Odontologia - Números do mercado de trabalho

Salários

O salário de dentista pode variar de acordo com a área e local de atuação. Muitos optam por trabalhar como empregados em algum estabelecimento privado ou público no início da carreira, pois montar um consultório particular exige compra de diversos aparelhos, que costumam ter valores elevados.

O piso salarial dos dentistas que atuam como empregados é estabelecido por lei. O cálculo é baseado em até 20 horas de trabalho semanais. Para o ano de 2015, a Federação Nacional dos Odontologistas (FNO) estava reivindicando o pagamento do piso salarial do Cirurgião-dentista de R$ 11.675,94 para 20 horas semanais.

De acordo com dados divulgados em 2013 pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a remuneração média do profissional foi de aproximadamente R$ 5.300 mensais, considerando todos níveis de experiência. Este valor normalmente pode variar para mais, pois depende muito de quantas horas se trabalha por mês, além da especialidade. Diversas pesquisas apontam variação para acima de R$7 mil.

Profissionais com próprio consultório fazem cobranças de honorários de acordo com o procedimento a ser realizado. Variando o valor se for prevenção, diagnóstico, prótese, periodontia, cirurgia, entre outros, podendo ser negociável as formas de pagamento.

O mercado de trabalho

O Brasil é um dos países com maior número de dentistas, segundo dados do Conselho Federal de Odontologia (CEO) existem aproximadamente 264,5 mil profissionais. Dessa forma o trabalho chega ser concorrido em algumas regiões, como em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) aponta que apesar desse número de profissionais, muitos brasileiros (em diversas faixas etárias) nunca passaram por uma consulta, pois muitos estados ainda tem carência de dentistas.

A má distribuição desses especialistas deixa o Norte e Nordeste, por exemplo, como uma boa oportunidade de trabalho, existindo espaço para atuação tanto no setor privado como no público. No setor público, as cidades do interior de todo o país abrem constantes concursos públicos para atuação em clínicas e escolas.

Fora do consultório é possível atuar em planejamento de saúde oral no setor público e em planos de saúde. Ainda é possível trabalhar com consultoria odontológica e farmacêutica, auxiliando na produção de novos produtos para dentistas e técnicos de prótese dentária.

Por dentro da carreira em Odontologia

O salário de dentista pode variar de acordo com a área e local de atuação. Muitos optam por trabalhar como empregados em algum estabelecimento privado ou público no início da carreira, pois montar um consultório particular exige compra de diversos...

Leia Mais