Profissão Radiologia - Números do mercado de trabalho

Salários

O salário do radiologista obedece um piso salarial com acréscimo de adicional por insalubridade, totalizando quase R$2 mil mensais. Em alguns estados, os sindicatos da classe conseguem acordos coletivos, podendo ter diferença neste valor, como, por exemplo, em São Paulo esse valor atinge a média de R$ 2.080 e em Santa Catarina R$ 2.200.

O mercado de trabalho

A profissão de radiologista tem mais oportunidades de trabalho em algumas regiões do país do que em outras. Áreas em que a população tem mais acesso médico consequentemente têm também necessidade de profissionais de diagnóstico por imagem.

Um dos principais requisitos para conseguir emprego na área é estar sempre atualizado e informado das novas tecnologias. Muitos brasileiros ainda não têm acesso a exames médicos, mas com a mudança desse cenário e acesso facilitado à saúde, aumentará a necessidade desses profissionais.

Uma área que tem gerado empregos é a indústria de alimentos, pois a irradiação quando utilizada corretamente e de forma segura aumenta a vida útil dos alimentos, evitando o desperdício. De acordo com dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o Brasil desperdiça em média 64% dos alimentos que produz, e o processo de irradiação de alimentos pode ajudar diminuir estes números. Assim, radiologistas são necessários para verificar procedimentos e proporcionar qualidade neste processo.

Por dentro da carreira em Radiologia

O salário do radiologista obedece um piso salarial com acréscimo de adicional por insalubridade, totalizando quase R$2 mil mensais. Em alguns estados, os sindicatos da classe conseguem acordos coletivos, podendo ter diferença neste valor, como, por exemplo, em São Paulo...

Leia Mais